Retrospectiva 2011 (1): o que andei escrevendo na blogolândia

Em 2011 escrevi em blogs mais do que deveria, e muito menos do que gostaria.

Além deste espaço aqui, colaborei ou mantive sozinho alguns outros, dividindo o já pouco tempo que posso dedicar ao blog. Começo pelos outros lugares para terminar com o que aconteceu neste blog.

Em primeiro lugar, me orgulho muito de 2011 ter sido um ano em que escrevi para o Amálgama. Foi meu primeiro ano inteiro como  colaborador lá, pois eu comecei escrevendo sobre eleições em meados de 2010. Em 2011 continuei escrevendo um pouco lá sobre política e religião, mas principalmente fiz resenhas de livros e alguns textos críticos. Certamente o texto mais importane que escrevi para o Amálgama em 2011 foi Por que os cristãos devem defender os direitos dos homossexuais. Uma lista de tudo que eu publiquei pode ser vista aqui.

Não posso me orgulhar tanto de ter escrito editoriais para o OPS, porque escrevi pouco e de maneira irregular. Ainda vou achar a medida certa de como colaborar na página principal do portal que hospeda um grande time de colunistas e blogueiros. Neste caso, 2012 precisará ser bem melhor que 2011.

Uma coisa que eu nem imaginava acontecer em 2011 era abrir um blog no portal da Gazeta do Povo. Mas surgiu o convite e eu não podia perder a oportunidade. Escrevi pouco lá, bem menos do que gostaria. Vai ser sempre um blog mais sério (no sentido profissional), como pede o espaço. Ou seja, ao contrário deste blog aqui, lá eu só posso escrever coisas fundamentadas sobre assuntos que entendo alguma coisa. Você está convidado a conhecer o blog História Cultural, além de outros ótimos blogs no portal deste jornal que consegue a façanha de crescer fortemente em qualidade enquanto os grandes jornais brasileiros vivem uma horrível e agônica decadência.

Além desses espaços aí acima, que são os mais importantes que mantive em 2011, tenho uma série de pequenos blogs pouco ativos no wordpress. Um de uma matéria que lecionei tempos atrás – História do Cristianismo. Três de matérias que leciono atualmente: Música do Século XX, História da Música Brasileira e História da Música. Além desses, tenho na espectativa um blog sobre o Coritiba. Era para ele ter começado no ano do centenário. Decepcionante que foi, o blog ficou na berlinda. Mas com a campanha do time em 2011 o blog está merecendo entrar na ativa. Vamos ver. Fica como resolução de ano-novo.

Diluído por tantos espaços, continuo considerando a escrita em blogs uma atividade importantíssima, e que está mudando o mundo a olhos vistos – geralmente para melhor. Mas acaba sobrando pouco tempo para manter este blog como deveria. De qualquer forma, 2011 foi um ano bom, ao menos para mim, o blogueiro.

Foram 215 posts, dos quais o principal assunto foi o Brasileirão 2011. Ninguém tenha dúvida – escrever tanto sobre futebol foi decorrência direta de uma assinatura dos canais PFC, que por sua vez foi decorrência direta do fato de que o ingresso para o Couto Pereira estava mais caro que a assinatura de sócio e que não havia mais nenhuma maldita vaga em nenhum setor do estádio. Um ano em que o Coritiba montou seu melhor time desde a década de 1970 – obviamente só por isso o Brasileirão valeu a pena.

Escrever tanto sobre futebol também foi sintoma do fato de ter tentado escrever em tantos lugares, e, principalmente do fato de ter sido coordenador de curso na faculdade em que trabalho. Reeleito para um cargo que assumi em mandato tampão, pode-se esperar de 2012 mais um ano em que o blogueiro estará metido em reuniões, discutindo regimentos e documentos burocráticos, resolvendo problemas de alunos e digitanto atas e editais. Nesse ínterim a pesquisa acadêmica e a preparação de aulas – atividades que deveriam ser as principais de um professor de ensino superior, seguirão prejudicadas, e os blogs seguirão mais como um espaço para desanuviar a mente do que exatamente a ferramenta poderosa de publicação que eles podem e devem ser.

Em 2011 me equilibrei mal nesta corda bamba. Só o que espero em 2012 é não começar nada novo, para dar tempo de me especializar em fazer o tanto de coisas que já assumi nesta vida em 2011 – coisa mais do que suficiente para um reles mortal.

Os outros assuntos que renderam no blog – livros, música, política, religião, voltarão com comentários mais específicos nos outros posts da série, cujos links serão colocados a seguir, assim que publicados.

Retrospectiva 2011 (1): o que andei escrevendo na blogolândia

Retrospectiva 2011 (2): o que andei lendo na blogolândia

Retrospectiva 2011 (3): estatísticas neste blog

Author: andreegg

Músico, historiador, professor.