A privataria tucana de Amaury Ribeiro

Baixei o livro recém-lançado e já esgotado.

Confesso que não tenho saco de ler a parte sobre as privatizações, e o envolvimento de pessoas próximas a Serra. Se entendi alguma coisa da história, esse tipo de investigação jornalística atendia aos interesses de Aécio Neves em sua briguinha particular com Serra para ver quem fica com o que sobrar do PSDB.

Sobre as privatizações havidas no governo Fernando Henrique, não tenho nada contra. Não tenho saudade de ter o Estado controlando diretamente tantos setores chave da economia do país. E acho que os governos petistas fazem tanta merda quanto o PSDB na hora de se meterem em assuntos empresariais.

Neste sentido, o governo Lula não mudou nada o jogo em que o setor rentista lucra horrores, a economia segue cada vez mais oligopolizada, o agronegócio triunfa sobre todos os interesses da nação, continuamos exportadores de comodities, continuamos sofrendo de baixo nível educacional e nem com pleno emprego conseguimos avançar muita coisa nos direitos dos trabalhadores.

Quero dizer, fica difícil a comparação para saber quem foi mais babaca – os tucanos ou os petistas. O livro deve interessar quem é responsável pelas investigações judiciais e as punições aos envolvidos em desvio de dinheiro público. Neste caso, suspeito que o jornalista não acrescente muito ao que já foi investigado por polícia e MP.

Por causa disso tudo, fui ler direto a parte final do livro, em que Amaury fala de conflitos internos na campanha de Dilma.

E aí fico sabendo melhor das tramóias de Palocci e Falcão para sacanear o Pimentel, inclusive vazando coisas do comitê de campanha de Dilma para Veja e Folha. Ora, ora – isso esclarece um pouco mais o conflito que segue em aberto.

Porque Palocci também já foi fritado, além de vários outros ministros de partidos aliados. Denúncias contra Pimentel voltam a aparecer na imprensa, o que é interessante, afinal ele é um nome muito forte nos novos rumos que o PT vem tomando após a eleição de Dilma.

Assisto esta briguinha de camarote, porque vejo que está em curso uma saudável diminuição do peso do PT paulista. Isso está sendo muito bom para o Brasil e para o próprio PT. Mas, obviamente, os caras não vão sair de cena sem espernear um bocado.

Interessante acompanhar o futuro político de gente em quem Lula e Dilma andaram apostando alto para o futuro do PT: Pimentel, Haddad, Gleisi. Respectivamente, são esperança de fortalecimento e renovação do partido em Minas, São Paulo e Paraná, estados importantíssimos nas disputas eleitorais que se avizinham para 2012 e 2014.

Vamos ver qual será o futuro dos velhos caciques paulistas.

Author: andreegg

Músico, historiador, professor.

One Comment

  1. PENSE BEM: AS PROVAS SÃO MUITO COMPROMETEDORAS.. TUDO LEVA A CRER QUE METERAM A MÃO MESMO E COM FORÇA… NAD MAIS JUSTO QUE UMA CPI ASSIM COMO FIZERAM COM OUTROS SUPOSTOS ESCANDALOS… GOSTARIA DE VER A OPINIÃO DA REDE GLOBO… POIS ELES VÃO COM TANTA FORÇA NOS ESCANDALOS DO GOVERNO E JA FAZ VINTE DIAS Q ESSE LIVRO VEM BATENDO RECORDE DE VENDAS E OCASIONANDO CPI… NAO ENTENDO O PORQUE DA REDE GLOBO NAO FALAR.. A NÃO SER QUE BILHOES DE DOLLARES SUPOSTAMENTE ROUBADOS NÃO É CASO DE NOTICIARIO… TA AI PRA PENSAR… PHSYZJK.